Imprimir Post

Gerenciamento de projetos baseados no PMBOK – Introdução

Resumo:

Elucidar o leitor sobre conteúdo que será abordado nos posts referentes a Gerenciamento de projetos e a estrutura que será utilizada no desenvolvimento do conhecimento.

Palavras-chaves:

PMBOK, PMI, Projetos e Gerenciamento.

Texto:

Caros leitores,

Conforme informado no primeiro post, serão tratadas algumas áreas do conhecimento de TI, dentre tais áreas encontram-se os conhecimentos em gerenciamento de projetos. Decidiu-se tratar este tema devido à complexidade de se gerenciar projetos, problemas vivenciados durante a execução de projetos, bem como nos interesses dos autores nesta área do conhecimento.

Neste primeira publicação será explicada a estrutura de conhecimento que o PMBOK aborda.

Terminologia - Introdução PMBOK

O PMBOK tem por objetivo fornecer diretrizes para que o gerenciamento de projetos ocorra da maneira mais adequada, visando garantir maiores chances de sucesso em sua execução. Atualmente, o PMBOK está em sua quinta edição e é composto por 47 processos, divididos em dez áreas do conhecimento que, em conjunto, são consideradas essenciais.

O PMBOK é mantido pelo PMI (Project Management Institute).

Nota - Atencao_Post_010714

As dez áreas de conhecimentos são:

Áreas do conhecimento - Introdução PMBOK

Dez áreas de conhecimentos do PMBOK

Abaixo há uma breve definição de cada uma das dez áreas de conhecimentos:

  • Gerenciamento da Integração: visa unificar e coordenar diversas atividades e processos dentro das demais áreas de conhecimentos de gerenciamento de projetos.
  • Gerenciamento de Escopo: visa assegurar que o projeto inclua todo o trabalho necessário e somente o trabalho necessário, para finalizar o projeto com êxito. Gerenciamento do escopo está diretamente relacionado com a definição clara do escopo do projeto, ou seja, o que está e, fundamentalmente, o que não está incluso no projeto.
  • Gerenciamento do Tempo: visa assegurar que o projeto inclua as atividades e processos necessários para executar o projeto no prazo determinado.
  • Gerenciamento dos Custos: visa assegurar que o projeto seja finalizado dentro do orçamento aprovado. Gerenciamento de custos está diretamente relacionado ao planejamento de custos, estimativas e toda a parte financeira do projeto.
  • Gerenciamento de Qualidade: visa assegurar que o projeto atenda aos requisitos definidos. Esta área do conhecimento visa definir como o projeto irá gerenciar a qualidade, tanto do projeto como do produto gerado pelo projeto.
  • Gerenciamento de Recursos Humanos: visa assegurar a organização e gerenciamento dos profissionais da equipe de projeto.
  • Gerenciamento das Comunicações: visa assegurar que as comunicações do projeto sejam efetivas, ou seja, seus processos tentam assegurar que a informação chegue ao profissional correto, no momento correto e pelo canal correto.
  • Gerenciamento dos Riscos: visa assegurar a identificação, análise, planejamento de respostas e controles de riscos ao projeto.
  • Gerenciamento de Aquisições: visa assegurar que o projeto planeje e controle, corretamente, as aquisições de produtos e/ou serviços pertinentes ao projeto.
  • Gerenciamento das Partes Interessadas: visa assegurar que todas as partes interessadas, ou seja, todas as pessoas, grupos ou organizações que são impactadas ou que podem impactar o projeto, sejam identificadas e recebam a tratativa correta.

 

Em cada das áreas de conhecimentos encontram-se atividades, ferramentas e técnicas que auxiliam a execução do gerenciamento de projetos. As ferramentas e técnicas serão amplamente tratadas durante os posts e, caso necessário, serão exploradas minuciosamente.

As dez áreas de conhecimentos são abordadas durante os processos de gerenciamento de projeto, que é composto da seguinte maneira:

Grupos de processos - Introdução PMBOK

Processos de Gerenciamento de Projetos

Obs.: com objetivo didático, as áreas de conhecimentos são estudadas sequencialmente, porém estes grupos de processos se relacionam constantemente, como será explicado nos próximos posts desta série.

Nesta série sobre os conhecimentos de gerenciamento de projetos, os posts serão estruturados conforme o PMBOK sugere:

  • Introdução: conceitos básicos sobre o que são projetos, programas e portfólios. Valores de negócio, tangíveis e intangíveis, principais papéis e responsabilidades.
  • Influências Organizacionais: tipos de estruturas organizacionais, culturas, estilos, fatores ambientais entre outros.
  • Processos de Gerenciamento de Projetos: processos de gerenciamento de projetos.
  • Áreas de conhecimento de Gerenciamento de Projetos: as áreas de conhecimentos exploradas com maior detalhamento.

Em todos os posts, a opinião do autor virá para acrescer conhecimentos práticos aos conhecimentos teóricos apresentados.

Salienta o autor que, neste primeiro post, há menor densidade de informações, uma vez que serve para orientar os leitores sobre como esta série de posts será estruturada.

Considerações Finais:

 Verifica-se no post a estrutura proposta para o estudo ao longo do tempo, utilizando-se do PMBOK como guia, acrescido das experiências dos autores.

Referências Bibliográficas:

 Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 5ª Edição – Project Management Insititute, Inc.

 http://pt.wikipedia.org/wiki/Project_Management_Body_of_Knowledge#cite_note-2

 

 

Sobre o autor

Daniel Teran Duarte

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração. Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, com destaque para as seguintes: Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, sendo estas: PMP – Project Management Professional; PRINCE2® Practitioner; PSM I – Professional Scrum Master I; DEVOPS Master; HCMP® 3G Expert Professional; MCP - Microsoft Project 2013; ITIL V3 Expert; ISO 20.000 Consultant Manager; HDI SCM - Support Center Manager; Cobit; ISO 9001:2015 Auditor Líder; ISO 22301:2012 Auditor Líder.

Para conhecer mais sobre Daniel Teran Duarte, visite o perfil no Linkedin ou encaminhe um e-mail.

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2014/07/02/gerenciamento-de-projetos-baseados-no-pmbok-introducao/