Imprimir Post

Arquitetura em Camadas (Parte 4.1) – Provisão da Aplicação

Resumo:

O objetivo não se aplica a este post.

Uma vez que o conteúdo total desta série foi dividido em 4 partes, deve-se considerar absoluto, o resumo da primeira postagem até o momento presente.

Provisão da Aplicação - Relembre - Link Primeiro Post

Este tema da série Arquitetura em Camadas irá demandar mais publicações. Sendo assim, a numeração sequencial desta parte da série passou de 4 para 4.1 (vide título) e assim seguirá (4.2, 4.3…) mediante a necessidade de conclusão.

Palavras-chaves:

Provisão, Implantação, Publicação, Aplicação, IIS.

Texto:

Com a Aplicação agora criada (vide post anterior), o exemplo prático acaba por concluído.

Provisão da Aplicação - Relembre - Link Post Anterior

Introdução e apresentação de um cenário exemplificado

Também no post anterior, houve a apresentação da Aplicação através de sua execução (de maneira local) pelo próprio Microsoft Visual Studio 2010 Ultimate. Nesta altura da série, a dúvida que cabe, portanto é:

“Em um meio corporativo, como prover (disponibilizar) uma Aplicação que está contida apenas na máquina de criação, para as outras máquinas que compõe este meio”?

Partindo para a solução da dúvida acima, e, com o intuito de resgatar todos os assuntos e suas variantes vistas até o momento, para um cenário exemplificado, deve-se imaginar, portanto, um ambiente de rede Windows com algumas máquinas cliente, dentre estas, uma máquina para desenvolvimento e um servidor, resultando no seguinte arranjo:

Provisão da Aplicação - Cenário de Rede

Provisão da Aplicação – Cenário de Rede

Referente ao cenário destacado com a imagem acima, os principais Programas que cada tipo de máquina deverá ter para atender o exemplo, são:

  • Cliente: máquina que irá conter além do Sistema Operacional Windows, um navegador;
  • Cliente (Desenvolvedor): máquina que irá conter além do Sistema Operacional Windows, o Microsoft Visual Studio e o Microsoft SQL Server Management Studio;
  • Servidor: máquina que irá conter além do Sistema Operacional Windows, o Banco de Dados Microsoft SQL Server e também o IIS (Internet Information Services).

Referente ao cenário destacado com a imagem acima, os principais Objetivos que cada tipo de máquina desempenhará, são:

  • Cliente: acessar a Aplicação que inicialmente só estará presente na máquina Cliente (Desenvolvedor);
  • Cliente (Desenvolvedor): será o local que além da criação, desenvolvimento e manutenção da Aplicação, ainda terá o objetivo de gerar o “pacote” correspondente a Aplicação que irá ser armazenada no Servidor;
  • Servidor: terá a responsabilidade de atuar como: Servidor de Aplicações, Servidor Web e Servidor de Banco de Dados.

Com o mapeamento do cenário estabelecido, é importante ainda ter em mente algumas noções:

  • O exemplo se dará de maneira a entender que o Servidor já possua o script da postagem: “Arquitetura em Camadas (Parte 3.2) – Modelo em 3 camadas (3-tier)”;Provisão da Aplicação - Relembre - Modelo em Camadas (3-tier)
  •  O exemplo se dará de maneira a entender que o Servidor possua um IP fixo.

Retornando agora a pergunta inicial do post:

“Em um meio corporativo, como prover (disponibilizar) uma Aplicação que está contida apenas na máquina de criação, para as outras máquinas que compõe este meio”?

Diante do cenário criado em exemplo, seria o mesmo que perguntar:

“Se o único local para visualização da Aplicação está na máquina Cliente (Desenvolvedor), pois, o Microsoft Visual Studio permite a execução da Aplicação localmente, como disponibilizar a Aplicação para as outras máquinas que compõe o cenário”?

Considerações Finais:

Visando a Introdução e apresentação de um cenário exemplificado, coloca-se em destaque a dúvida que basicamente se resume em:

“Como implantar uma Aplicação que foi concluída anteriormente”?

Essa dúvida irá garantir ao longo dos próximos posts, um panorama que reflita na memória do leitor, todos os outros assuntos desbravados até este ponto da série.

Na próxima publicação, ainda quarta parte da série: Arquitetura em Camadas será apresentado o segundo post da Provisão da Aplicação, com a Publicação da Aplicação.

Referências Bibliográficas:

As referências bibliográficas serão apresentadas no último post desta série.

Sobre o autor

Thiago Richard Vanicore

Thiago Richard Vanicore formou-se em análise e desenvolvimento de sistemas, possui certificação ITIL Foundation V2 e entre seus conhecimentos estão: ASP .Net (WebForms/MVC5/Web API) C#, HTML5, Html/XHtml, CSS3, JQuery, JQuey Mobile, JavaScript, Xml, Ajax, Json, Microsoft SqlServer, MySql, Firebird, Azure, Visual Studio Online, Scrum, UML, CRM, Quality Assurance, CTI (Computer Telephony Integration) MPSBR (Melhoria de Processos do Software Brasileiro).

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2014/10/20/arquitetura-em-camadas-parte-3-7-modelo-em-3-camadas-3-tier/