Imprimir Post

Arquitetura em Camadas (Parte 4.3) – Provisão da Aplicação

Resumo:

O objetivo não se aplica a este post.

Uma vez que o conteúdo total desta série foi dividido em 4 partes, deve-se considerar absoluto, o resumo da primeira postagem até o momento presente.

Provisão da Aplicação - Relembre - Link Primeiro Post

Este tema da série Arquitetura em Camadas encerra-se nesta publicação. Sendo assim, a numeração sequencial desta parte da série finaliza-se de 4.2 para 4.3 (vide título).

Palavras-chaves:

Provisão, Implantação, Publicação, Aplicação, IIS.

Texto:

Com a Publicação da Aplicação (vide post anterior) agora realizada, o próximo passo na Provisão da Aplicação será Servir a Aplicação para todos os usuários.

Provisão da Aplicação - Relembre - Link Post Anterior

Servindo a Aplicação para todos os usuários

Voltando ao ponto de conclusão, após gerar a publicação da Aplicação, a estrutura física ficou disposta da seguinte maneira na raiz do Sistema Operacional:

Provisão da Aplicação - Localização da Aplicação

Provisão da Aplicação – Localização da Aplicação

Lembrando que, no contexto do cenário exemplificado (vide post anterior), o “pacote” (LinkSinergia_Deploy vide imagem acima) gerado através da opção Publish Web Site, recurso do Microsoft Visual Studio, faz parte da máquina Cliente (Desenvolvedor):

Provisão da Aplicação - Cenário de Rede

Provisão da Aplicação – Cenário de Rede

O próximo passo portando, será transferir o “pacote” LinkSinergia_Deploy para o Servidor. Deve-se aceitar também a ideia de armazenar o “pacote” na raiz do Servidor, ou seja C:\LinkSinergia_Deploy:

Provisão da Aplicação - Cenário de Rede - Transferência de Pacote

Provisão da Aplicação – Cenário de Rede – Transferência de Pacote

Partindo agora do Servidor, cria-se a dúvida:

 “Tendo em posse o “pacote” que fora transferido em favor da máquina Cliente (Desenvolvedor), o que fazer para disponibilizar a Aplicação para as demais máquinas (Cliente) no Cenário de Rede apresentado”?

Surge como resposta o IIS (Internet Information Services), que é um programa responsável por aceitar solicitações HTTP de clientes e respondê-los da mesma maneira. Simplificando a resposta, significa que no Cenário de Rede apresentado, o Servidor irá receber pedidos das máquinas Cliente, que, através de um endereço específico, farão os navegadores acessarem a Aplicação aguardando uma resposta do Servidor.

Tendo em mente qual o papel exercido pelo IIS (Internet Information Services), resta configurá-lo para disponibilizar a Aplicação, o primeiro passo portanto, é localizá-lo e abri-lo.

Tela Inicial do IIS (Internet Information Services):

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Tela Inicial

IIS (Internet Information Services) – Tela Inicial

Contendo 3 áreas divididas na vertical, na primeira área à esquerda nomeada como: Conexões, expandir a opção disponível (na imagem acima PC01, porém o nome varia de máquina para máquina), na sequencia Sites. Em seguida localizar e clicar com o botão direito na opção Default Web Site, selecionar e clicar na opção Adicionar Aplicativo

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Tela Adicionar Aplicativo

IIS (Internet Information Services) – Tela Adicionar Aplicativo

Tela após clicar na opção Adicionar Aplicativo…:

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Tela Adicionar Aplicativo

IIS (Internet Information Services) – Tela Adicionar Aplicativo

Por fim, manter as informações de acordo com a imagem acima e clicar no botão Ok.

Vale destacar as configurações:

  • Alias: determina-se o apelido para acesso a Aplicação;
  • Caminho Físico: determina-se o caminho no qual a Aplicação publicada (pacote) foi armazenada (o).

Tela após clicar no botão OK:

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Tela após Adicionar Aplicativo

IIS (Internet Information Services) – Tela após Adicionar Aplicativo

Retornando a tela inicial do IIS, na área central deve-se localizar e abrir a opção Pesquisa no Diretório.

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Tela Inicial

IIS (Internet Information Services) – Tela Inicial

Tela ao abrir a opção Pesquisa no Diretório:

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Pesquisa de Diretório

IIS (Internet Information Services) – Pesquisa de Diretório

Por fim, na área à direita, localizar e clicar na opção Habilitar.

Tela após clicar na opção Habilitar:

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Pesquisa de Diretório

IIS (Internet Information Services) – Pesquisa de Diretório

Na área à esquerda, deve-se localizar e clicar em LinkSinergia para retornar a tela inicial do IIS, em seguida na área central, deve-se localizar e abrir agora a opção Documento Padrão.

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Tela Inicial

IIS (Internet Information Services) – Tela Inicial

Tela ao abrir a opção Documento Padrão:

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Documento Padrão

IIS (Internet Information Services) – Documento Padrão

Na área à direita localizar e clicar na opção Adicionar

Tela ao clicar na opção Adicionar…:

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Documento Padrão

IIS (Internet Information Services) – Adicionar Documento Padrão

Por fim, manter as informações de acordo com a imagem acima e clicar no botão Ok.

Tela após clicar no botão OK:

Provisão da Aplicação - IIS (Internet Information Services) - Tela após Adicionar Documento Padrão

IIS (Internet Information Services) – Tela após Adicionar Documento Padrão

Pronto, pode-se dizer que a Aplicação está servida para as máquinas Cliente no Cenário de Rede introduzido.

Para acessar a Aplicação, finalmente centralizada no Servidor, as máquinas Cliente deverão digitar na barra de navegação de seus respectivos navegadores a sequencia: IP Fixo do Servidor em seguida o Alias da Aplicação criada no IIS, resultando especificamente no exemplo, o endereço 10.0.0.102/LinkSinergia.

A imagem abaixo ilustra tal prática no Cenário de Rede:

Provisão da Aplicação - Cenário de Rede - Acesso a Aplicação

Provisão da Aplicação – Cenário de Rede – Acesso a Aplicação

Provisão da Aplicação - Cenário de Rede - Acesso a Aplicação

Provisão da Aplicação – Cenário de Rede – Acesso a Aplicação

Considerações Finais:

As considerações finais não se aplicam a este post. Na próxima publicação, Encerramento da série: Arquitetura em Camadas, será apresentado o Resumo Final, estabelecendo uma matriz de conexão entre os todos assuntos abordados ao longo da série.

Referências Bibliográficas:

As referências bibliográficas serão apresentadas no último post desta série.

Sobre o autor

Thiago Richard Vanicore

Thiago Richard Vanicore formou-se em análise e desenvolvimento de sistemas, possui certificação ITIL Foundation V2 e entre seus conhecimentos estão: ASP .Net (WebForms/MVC5/Web API) C#, HTML5, Html/XHtml, CSS3, JQuery, JQuey Mobile, JavaScript, Xml, Ajax, Json, Microsoft SqlServer, MySql, Firebird, Azure, Visual Studio Online, Scrum, UML, CRM, Quality Assurance, CTI (Computer Telephony Integration) MPSBR (Melhoria de Processos do Software Brasileiro).

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2014/11/03/arquitetura-em-camadas-parte-3-9-modelo-em-3-camadas-3-tier/