Imprimir Post

Visual Studio Online (Parte 1) – Introdução

Resumo:

O objetivo desta série é explorar o Visual Studio Online (VSO) em conjunto com a ferramenta de desenvolvimento Microsoft Visual Studio.

Em meio de determinadas publicações serão apresentados exemplos práticos em forma de vídeo-aulas, com o intuito de minimizar dúvidas e elevar o dinamismo das explicações.

Palavras-chaves:

Visual, Studio, Online, VSO, TFS.

Texto:

Introdução

Diante do ciclo de vida de um projeto, ao evidenciar o Desenvolvimento, é de extrema importância que se definam ferramentas responsáveis por atender os envolvidos nesta fase.

Uma das ferramentas que vem ganhando destaque neste quesito é o Visual Studio Online (VSO). Diferente de uma IDE para desenvolvimento (exemplo: Microsoft Visual Studio), o Visual Studio Online serve como um complemento a este primeiro citado, com a vantagem de trabalhar na nuvem.

Visual Studio Online - Terminologia - Visual Studio Online ou VSO

Dentre algumas das funções principais do VSO estão:

  • Repositório de códigos: o Visual Studio Online mantém o armazenamento de todo código fonte para cada aplicação que for carregada nesta ferramenta.
  • Controle de versão: a medida que os desenvolvedores trabalharem em uma aplicação, pode-se utilizar recursos compartilhados que marquem a versão das alterações realizadas em pontos específicos do código fonte. Estas marcações por sua vez ficarão armazenadas no VSO de maneira a serem consultadas através de uma listagem histórica que será atualizada ao longo da linha do tempo de desenvolvimento da aplicação.
  • Automação de projetos: é possível criar regras no qual o projeto assuma compilações automatizadas direto na nuvem.
  • Delegação de tarefas e acompanhamento no desenvolvimento: com o VSO é possível utilizar recursos para delegação de tarefas a desenvolvedores. Além disso, é possível acompanhar o andamento destas tarefas e gerenciar o desempenho dos desenvolvedores, traçando mudanças estratégicas se necessário com a proposta de atender entregas bem sucedidas. O serviço oferecido disponibiliza as técnicas presentes na metodologia ágil denominada SCRUM.
  • Criação de testes automatizados: é possível criar testes automatizados visando a qualidade da aplicação.

O acesso ao Visual Studio Online se dá através de um navegador e uma conta que deve ser criada para utilização do serviço. A conta VSO garante a conexão com a IDE Microsoft Visual Studio, proporcionando a partir de tal ponto, a colaboração mútua de todos os recursos que integram as duas ferramentas.

Ao final é possível visualizar na tabela abaixo, algumas informações de apoio para adoção do VSO:

Visual Studio Online - Detalhes do Serviço

Detalhes do Serviço

Considerações Finais:

Esta publicação visa estabelecer uma abordagem introdutória ao Visual Studio Online.

É importante ressaltar que, a medida que os posts forem evoluindo, com apresentações teóricas somadas as práticas, a tendência é que o leitor vá sanando suas dúvidas e dificuldades de entendimento.

Na próxima publicação, segunda parte da série: Visual Studio Online será realizada a preparação do ambiente que, através de configurações diversas, servirá de base para explorar as capacidades do VSO.

Referências Bibliográficas:

As referências bibliográficas serão apresentadas no último post desta série.

Sobre o autor

Thiago Richard Vanicore

Thiago Richard Vanicore formou-se em análise e desenvolvimento de sistemas, possui certificação ITIL Foundation V2 e entre seus conhecimentos estão: ASP .Net (WebForms/MVC5/Web API) C#, HTML5, Html/XHtml, CSS3, JQuery, JQuey Mobile, JavaScript, Xml, Ajax, Json, Microsoft SqlServer, MySql, Firebird, Azure, Visual Studio Online, Scrum, UML, CRM, Quality Assurance, CTI (Computer Telephony Integration) MPSBR (Melhoria de Processos do Software Brasileiro).

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2015/06/15/visual-studio-online-parte-1-introducao/