Imprimir Post

Gerenciamento de Projetos baseado no PMBOK – Gerenciamento do Tempo do Projeto – Parte 7.3

Resumo:

Apresentar ao leitor o processo: desenvolver o cronograma.

Palavras-chaves:

Folga, Cálculo, Caminho, Crítico, Diagrama.

Texto:

Caros leitores,

Dando continuidade à série de postagens que abordam os processos da área de conhecimento de gerenciamento do tempo do projeto, hoje será apresentada a terceira postagem que abordará o processo desenvolver o cronograma.

Na primeira postagem desta série foi apresentado o resumo do processo desenvolver o cronograma, na segunda postagem foi iniciada a apresentação das técnicas e ferramentas do processo, onde foi apresentada a análise de rede do cronograma e iniciada a explicação sobre o método de caminho crítico. Como foi informado na postagem anterior, nesta postagem será apresentado como realizar o cálculo de folga do projeto.

RLMB_1_GTP_7_3 RLMB_2_GTP_7_3Retomando a última postagem, tem-se que a flexibilidade de um cronograma é calculada por meio da identificação do tempo que uma atividade poderá atrasar ou se estender a partir da data de início mais cedo (IMC), sem atrasar o término do projeto ou violar qualquer restrição do cronograma.

Para ilustrar melhor como realizar o cálculo de folga, o autor utilizará um novo recurso, vídeo explicativo. No vídeo abaixo, o leitor poderá entender de maneira mais fácil como é realizado o cálculo de folga.

Considerações finais:

Assim encerra-se esta postagem, onde o maior objetivo é apresentar como realizar o cálculo de folga de folga do projeto. Como o autor apresentou na vídeo aula, conhecer a folga das atividades, folga do projeto, bem como o caminho crítico, é fundamental para que o gerente de projeto possa realizar manobras no cronograma, caso estas sejam necessárias, tentando evitar ao máximo impactos ao projeto ou remediando os impactos já causados.

Referências bibliográficas:

Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 5ª Edição – Project Management Insititute, Inc.

Sobre o autor

Daniel Teran Duarte

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração. Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, com destaque para as seguintes: Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, sendo estas: PMP – Project Management Professional; PRINCE2® Practitioner; PSM I – Professional Scrum Master I; DEVOPS Master; HCMP® 3G Expert Professional; MCP - Microsoft Project 2013; ITIL V3 Expert; ISO 20.000 Consultant Manager; HDI SCM - Support Center Manager; Cobit; ISO 9001:2015 Auditor Líder; ISO 22301:2012 Auditor Líder.

Para conhecer mais sobre Daniel Teran Duarte, visite o perfil no Linkedin ou encaminhe um e-mail.

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2015/06/29/gerenciamento-de-projetos-baseado-no-pmbok-gerenciamento-do-tempo-do-projeto-parte-7-3/