Imprimir Post

Imagem profissional – Introdução

Resumo:

Apresentar ao leitor o tema imagem profissional.

Palavras-chaves:

Imagem, Profissional, Sucesso, Fracasso, Introdução.

Texto:

Caros leitores.

Nos últimos anos, mais precisamente da década de 90 até os dias atuais, muitas coisas mudaram. Viveu-se o boom da internet, o nascimento das mídias sociais e, mais importante do que tudo isto, uma transição impressionante no modo com as empresas conduzem os negócios e os profissionais.

O foco do autor hoje, é iniciar uma série de postagens sobre os fatores que podem influenciar no sucesso ou fracasso de cada profissional, trata-se da imagem profissional.

Com a entrada de empresas como o Google, Linkedin, Facebook e tantas outras, o grande ideal da geração Y é trabalhar em empresas com regras mais flexíveis, onde a aparência, horário e algumas outras foram supostamente deixadas de lado, acredite, isto é um erro sem tamanho.

O primeiro ponto deste erro é justamente achar que todas as empresas possuem os mesmos estilos das empresas citadas acima, o segundo é um conceito que surgiu com a geração Y e está causando um choque grande com as gerações anteriores, geração X e Baby Boomers.

Neste momento você deve estar pensando, o autor é um velho caquético, enganou-se. Este que vos escreve em terceira pessoa, possui somente 29 anos, ou seja, pertence a geração Y. O fato é que há um equívoco sem tamanho na atualidade sobre a imagem profissional de cada um, na verdade, no ponto de vista do autor, há o desconhecimento sobre o tema, já que faculdades e universidades, em sua grande maioria, não abordam tal tema.

Mas o que de fato é imagem profissional? A imagem profissional é composta por uma série de itens, começando com sua imagem, esta é primordial. Lembra-se da expressão “a primeira impressão é a que fica!”, acredite, ela é a primeira que fica e é formada em menos tempo do que você imagina.

Segundo um estudo feito pelo Management Institute of Tecnology – EUA, as pessoas formam um conceito sobre outra pessoa em apenas três segundos. Exatamente isto, três segundos para você passar exatamente o que deseja passar. Nestes três segundos, os seguintes itens possuem mais peso:

  • Visão – 25%: o modo como você se veste, seu asseio, ou seja, sua higiene pessoal, se seu cabelo está ou não penteado, se seus sapatos estão limpos, se sua barba, caso você seja homem, está aparada. Tudo isto irá influenciar a maneira como as pessoas lhe enxergam. Tem outro ponto fundamental, achamos que nosso peso não influência, engano maior ainda, o peso da pessoa, quando excessivo, tira a autoconfiança dela e passa a imagem inadequada para as organizações. Acredite caro leitor, não se trata de descriminação da parte do autor, pois o mesmo tem de se cuidar muito para não engordar demais, porém é fato que as empresas evitam profissionais acima do peso, pois estes possuem maior probabilidade de problemas de saúde.
  • Tom de voz – 18%: saber utilizar o tom correto de voz é fundamental no meio corporativo. Falar alto não é considerado educado, gritar é a demonstração mais profunda de perda do controle emocional, pois entende-se que o profissional está perdendo o controle da situação e levando para o lado pessoal. Falar muito baixo também é negativo, pois transmite a mensagem de timidez em excesso, em alguns casos até de submissão.
  • Vocabulário – 14%: o modo como falamos, nossa educação ao dizer “Muito prazer”, “muito obrigado”, entre muitas outras palavras transmite a mensagem de que somos educados, de que sabemos tratar todas as demais pessoas com respeito. O uso de gírias é algo repudiado no ambiente corporativo. Quando um profissional se vale da utilização de gírias, a mensagem transmitida é de que o mesmo não possui o devido preparo e, em alguns casos, há até a sensação de uma pessoa as margens da lei, isto devido ao julgamento que a sociedade faz sobre pessoas com menor renda e que, consequentemente, não possuem meios para uma educação mais refinada.
  • Linguagem corporal – 10%: os gestos que fazemos também são interpretados e podem passar a mensagem de serenidade, agressividade, apreensão e muitas outras mensagens que podem prejudicar o profissional.

Imagem Profissional - TerminologiaApós a formação da primeira impressão, grande é o esforço para alteração desta, ou seja, se você passar a imagem de bagunceiro, dificilmente conseguirá mudar esta impressão nas pessoas, pois elas terão isto associado a sua imagem. A alteração da primeira impressão, demanda tempo e diversas interações com quem deseja-se alterar a impressão concebida.

Considerações finais:

Entende o autor que abordar o tema imagem profissional, é de suma importância para todos profissionais, principalmente para os profissionais de tecnologia que, as vezes, por estarem em áreas técnicas, acreditam que somente o bom trabalho será suficiente para que eles possam ter sucesso e galgar cargos com maior expressividade, o que se mostra um engano grave.

Esta postagem, primeira de uma série de postagens que abordaram o tema supracitado, visa somente apresentar ao profissional a necessidade do cuidado com as mensagens transmitidas pela imagem profissional.

Referências bibliográficas:

http://www.medimagem.com.br/noticias/excesso-de-peso-pode-prejudicar-carreira-profissional-diz-estudo,5121 acessado em 08/11/2015.

Imagem Profissional – Ann A. Cooper – ISBN: 9788522114351

Management Institute of Tecnology – EUA – Revista Venda Mais – Dez 2001

Sobre o autor

Daniel Teran Duarte

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração. Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, com destaque para as seguintes: Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, sendo estas: PMP – Project Management Professional; PRINCE2® Practitioner; PSM I – Professional Scrum Master I; DEVOPS Master; HCMP® 3G Expert Professional; MCP - Microsoft Project 2013; ITIL V3 Expert; ISO 20.000 Consultant Manager; HDI SCM - Support Center Manager; Cobit; ISO 9001:2015 Auditor Líder; ISO 22301:2012 Auditor Líder.

Para conhecer mais sobre Daniel Teran Duarte, visite o perfil no Linkedin ou encaminhe um e-mail.

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2015/11/09/imagem-profissional-introducao/