Imprimir Post

Controlar as comunicações – Ger. das comunicações – Parte 2

Resumo:

Apresentar ao leitor as ferramentas, técnicas e saídas do processo controlar as comunicações.

Palavras-chave:

Processo, Controlar, Comunicações, Saídas, Ferramentas, Técnicas.

Texto:

Caros leitores,

Dando continuidade as postagens que abordam a área de conhecimento de gerenciamento da comunicação do projeto, mais especificamente ao processo controlar as comunicações, esta postagem irá apresentar as ferramentas, técnicas e saídas que compõem o processo supracitado.

Controlar as comunicações

Controlar as comunicações – Ferramentas e Técnicas:

  • Sistemas de gerenciamento de informações: tratam-se de sistemas que permitem que o gerente de projeto possa coletar, armazenar e distribuir informações para as partes interessadas, além de permitir consolidar informações sobre os custos do projeto, utilização de recursos humanos e outros tipos de relatórios. Estes sistemas podem ser ou não digitais, porém na maioria das vezes são digitais e bem conhecidos no meio de projetos, dentre eles estão o Microsoft Project, Primavera e o Openproject.
  • Opinião especializada: trata-se da utilização de conhecimentos de profissionais, grupos e organizações que possuem alta capacitação, conhecimentos, experiência ou treinamentos na área em questão. Um gerente de projetos com experiência pode ser considerado como opinião especializada. A opinião especializada pode ser usada para, por exemplo, avaliar os impactos das comunicações do projeto, avaliar melhorias no processo de comunicação e outros.
  • Reuniões: as reuniões podem ser úteis ao processo controlar as comunicações, uma vez que por meio delas a equipe de projetos poderá ser informada, por exemplo, sobre o desempenho do projeto, comunicações com as partes interessadas e outros pontos.

Controlar as comunicações – Saídas:

  • Informações sobre o desempenho do trabalho: as informações de desempenho de trabalho são agrupadas nos documentos do projeto a fim de suportar tomadas de decisões, ações, entre outros. O processo controlar as comunicações é responsável por verificar se as comunicações destas informações estão ocorrendo de maneira adequada.
  • Solicitações de mudanças: o processo controlar as comunicações poderá demandar ajustes, ações ou intervenções. Estes ajustes devem ser realizados por meio de solicitações de mudanças.
  • Atualizações no plano de gerenciamento do projeto: conforme apresentado no item acima, caso sejam necessárias mudanças para melhoria dos processos de gerenciamento do projeto, estas poderão resultar em atualizações no plano de gerenciamento do projeto.
  • Atualizações nos documentos do projeto: diversos documentos poderão ser atualizados, dentre eles:
    • Plano de gerenciamento do projeto;
    • Registro de questões;
    • Relatórios de desempenho.
  • Atualizações nos ativos de processos organizacionais: diversos ativos de processos organizacionais poderão ser atualizados, dentre eles:
    • Modelos;
    • Sistemas de gerenciamento de informações;
    • Documentação de lições aprendidas.

Considerações finais:

Assim, caros leitores, encerra-se a explicação do processo controlar as comunicações. O grande benefício deste processo é garantir que as comunicações do projeto ocorram de maneira adequada com o planejado.

Referência bibliográfica:

Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 5ª Edição – Project Management Institute, Inc.

Sobre o autor

Daniel Teran Duarte

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração. Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, com destaque para as seguintes: Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, sendo estas: PMP – Project Management Professional; PRINCE2® Practitioner; PSM I – Professional Scrum Master I; HCMP® 3G Expert Professional; MCP - Microsoft Project 2013; ITIL V3 Expert; ISO 20.000 Consultant Manager; HDI SCM - Support Center Manager; Cobit; ISO 9001:2015 Auditor Líder; ISO 22301:2012 Auditor Líder.

Para conhecer mais sobre Daniel Teran Duarte, visite o perfil no Linkedin ou encaminhe um e-mail.

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2017/03/27/controlar-as-comunicacoes-p-2/