Imprimir Post

Conduzir as aquisições – Ger. das aquisições – Parte 1

Resumo:

Apresentar ao leitor as entradas do processo conduzir as aquisições.

Palavras-chaves:

Conduzir, Aquisições, Processo, Gerenciar, Projeto, PMBOK.

Texto:

Caros leitores,

Uma vez realizado o planejamento para gerenciamento das aquisições, é chegada a hora de realizar o processo conduzir as aquisições. Este processo tem o objetivo principal de analisar as respostas dos fornecedores, selecionar um ou mais fornecedores e realizar a adjudicação de um contrato.

Conduzir as aquisições - Relembre

O principal benefício do processo é prover o alinhamento das expectativas das partes interessadas, internas e externas, por meio dos acordos firmados.

No processo conduzir as aquisições, a equipe do projeto receberá as licitações ou propostas e, posteriormente, aplicará os critérios pré-definidos para escolher um ou mais fornecedores.

Sem maiores delongas, segue o fluxo do processo:

Conduzir Aquisições - Processo

Conduzir as aquisições – Entradas:

  • Plano de gerenciamento das aquisições: este documento descreve como as aquisições do projeto serão executadas do início ao fim. Este documento pode incluir orientações sobre:
    • Tipos de contratos;
    • Documentos padronizados;
    • Fornecedores pré-qualificados;
    • Métricas de aquisição que serão adotadas;
    • Gerenciar fornecedores;
    • Restrições e premissas.
  • Documentos de aquisição: estes documentos descrevem como as aquisições do projeto serão executadas do início ao fim. Tais documentos podem incluir orientações sobre:
    • Tipos de contratos;
    • Documentos padronizados;
    • Fornecedores pré-qualificados;
    • Métricas de aquisição que serão adotadas;
    • Gerenciar fornecedores;
    • Restrições e premissas.
  • Critérios de seleção de fontes: são critérios incluídos na solicitação de aquisições, que usados para classificar ou avaliar propostas. Dentre os critérios estão:
    • Entendimento da necessidade;
    • Custo geral;
    • Capacidade técnica;
    • Riscos.
  • Proposta de fornecedores: são as respostas dos fornecedores referentes as solicitações do projeto. Este documento é utilizado para selecionar um ou mais fornecedores.
  • Documentos do projeto: os documentos do projeto são diversos, dentre eles estão:
    • Plano de gerenciamento das aquisições;
    • Registro de riscos;
    • Modelos de contratos;
  • Decisões de fazer ou comprar: trata-se da decisão sobre se um determinado trabalho deve ser executado pela equipe do projeto ou adquirido de um fornecedor.
  • Especificação do trabalho das aquisições: este documento busca determinar qual parte do escopo está relacionada a cada contrato. Este documento deve ser claro, conciso, completo e detalhado, a fim de que os fornecedores possam avaliar se possuem capacidade para atender as necessidades do contrato.
  • Ativos de processos organizacionais: são planos, procedimentos, políticas, processos e a base de conhecimento que a organização possui e pode utilizar.

Considerações finais:

Assim, caros leitores, encerra-se a primeira postagem sobre o processo conduzir as aquisições, cujo objetivo é realizar, de fato o processo de avaliação e contratação de fornecedores.

Este processo é de grande relevância ao gerenciamento de projeto, pois a condução adequada de seleção de fornecedores pode evitar diversos problemas e riscos ao projeto.

Referência bibliográfica:

Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 5ª Edição – Project Management Institute, Inc.

Sobre o autor

Daniel Teran Duarte

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração. Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, com destaque para as seguintes: Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, sendo estas: PMP – Project Management Professional; PRINCE2® Practitioner; PSM I – Professional Scrum Master I; HCMP® 3G Expert Professional; MCP - Microsoft Project 2013; ITIL V3 Expert; ISO 20.000 Consultant Manager; HDI SCM - Support Center Manager; Cobit; ISO 9001:2015 Auditor Líder; ISO 22301:2012 Auditor Líder.

Para conhecer mais sobre Daniel Teran Duarte, visite o perfil no Linkedin ou encaminhe um e-mail.

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2018/01/15/conduzir-as-aquisicoes-p1/