Imprimir Post

Controlar o engajamento das partes interessadas – Ger. das partes interessadas – Parte 1

Resumo:

Apresentar ao leitor o processo controlar o engajamento das partes interessadas.

Palavras-chaves:

Controlar, Engajamento, Parte Interessadas, Gerenciamento, Projeto, PMBOK.

Texto:

Caros leitores,

Nas últimas postagens o autor tem abordado a área de conhecimento de gerenciamento das partes interessadas, com base no PMBOK®. O gerenciamento das partes interessadas maximiza as chances de sucesso do projeto, porém não se deve entender que engajamento seja o envolvimento o tempo todo de todos os participantes. O envolvimento excessivo pode causar mais ônus do que bônus, uma vez que pode aumentar as chances de conflitos, níveis de influência e outros.

O PMBOK® se vale do processo controlar o engajamento das partes interessadas para controlar o engajamento. O objetivo do processo é monitorar o relacionamento das partes interessadas e, se necessário, ajustar as estratégias de engajamento.

Neste momento o leitor deve estar se perguntando, quando a diferença entre o processo gerenciar o engajamento das partes interessadas e o processo controlar o engajamento das partes interessadas. Vamos a explicação:

O processo gerenciar o engajamento das partes interessadas executa as estratégias definidas no plano de gerenciamento das partes interessadas. O processo controlar o engajamento das partes interessadas é verifica se tudo ocorre como o planejado e realizar os ajustes cabíveis.

Gerenciar o engajamento das partes interessadas

Note, caro leitor, que a linha que divide os processos é tênue e eles somente estão segregados por questões didáticas. Na prática, o gerente de projeto executa os processos de maneira paralela, ou seja, de maneira conjunta.

Sem maiores delongas, segue o fluxo do processo:

Controlar o engajamento das partes interessadas

Controlar o engajamento das partes interessadas – Entradas:

  • Plano de gerenciamento do projeto: apresentado anteriormente, trata-se do documento que descreve como o projeto deve ser executado, controlado, monitorado e encerrado. É composto pelos planos auxiliares, que são os planos de gerenciamento das demais áreas de conhecimento do PMBOK®. O processo controlar o engajamento das partes interessadas pode utilizar diversas informação contidas neste documento, dentre elas:
    • Plano de gerenciamento das partes interessadas;
    • Plano de gerenciamento de mudanças;
    • Necessidade de comunicação das partes interessadas;
    • Frequência e canais de comunicação que serão utilizados;
    • Papéis e responsabilidades do projeto.
  • Registro das questões: trata-se de um documento que é utilizado para controlar os elementos que estão em discussão, ou ainda disputa entre as partes interessadas. Documentar e controlar as questões, sejam disputas ou decisões a serem tomadas, é fundamental para o projeto. Isto deve-se ao fato de que o controle adequado por ajudar ao gerente de projeto manter o projeto de acordo com o planejamento de prazos, bem como serve como histórico do projeto. Este documento é atualizado quando as questões são resolvidas, ou quando há novas questões.
  • Dados de desempenho do trabalho: são informações relacionadas ao desempenho real do projeto, por exemplo, atividades iniciadas, progresso destas atividades, atividades em atraso, atividades concluídas, entre outras. O processo controlar o engajamento das partes interessadas pode se valer destas informações para avaliar necessidades de ajustes nas estratégias de engajamento.
  • Documentos do projeto: diversos documentos do projeto são utilizados pelo processo controlar o engajamento das partes interessadas, dentre eles:
    • Cronograma do projeto;
    • Registro das questões;
    • Registro das partes interessadas;
    • Plano de gerenciamento das comunicações.

Considerações finais:

Assim, caros leitores, encerra-se a apresentação do processo controlar o engajamento das partes interessadas. Objetivo do processo apresentado é avaliar se as estratégias planejadas estão sendo seguidas e se necessitam de ajustes.

O ponto que o autor gostaria de destacar é a necessidade que o engajamento das partes interessadas seja controlado adequadamente. Isto pode aumentar as chances de sucesso do projeto.

Referência bibliográfica:

Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 5ª Edição – Project Management Institute, Inc.

Sobre o autor

Daniel Teran Duarte

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração. Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, com destaque para as seguintes: Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, sendo estas: PMP – Project Management Professional; PRINCE2® Practitioner; PSM I – Professional Scrum Master I; HCMP® 3G Expert Professional; MCP - Microsoft Project 2013; ITIL V3 Expert; ISO 20.000 Consultant Manager; HDI SCM - Support Center Manager; Cobit; ISO 9001:2015 Auditor Líder; ISO 22301:2012 Auditor Líder.

Para conhecer mais sobre Daniel Teran Duarte, visite o perfil no Linkedin ou encaminhe um e-mail.

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2018/05/07/controlar-o-engajamento-das-partes-interessadas-p1/