Imprimir Post

Controlar o engajamento das partes interessadas – Ger. das partes interessadas – Parte 2

Resumo:

Apresentar ao leitor as ferramentas e técnicas do processo controlar o engajamento das partes interessadas.

Palavras-chaves:

Controlar, Engajamento, Partes interessadas, Gerenciamento, Projetos, PMBOK.

Texto:

Caros leitores,

Na última postagem o autor apresentou as entradas do processo controlar o engajamento das partes interessadas. Nesta postagem o autor apresentará as ferramentas, técnicas deste processo.

Antes de entrar ao ponto, vale relembrar que o objetivo do processo é controlar o nível de engajamento e o momento de engajamento, buscando assegurar o sucesso do projeto.

Controlar o engajamento das partes interessadas - Parte 1

Sem maiores delongas, vamos ao objetivo desta postagem.

Controlar o engajamento das partes interessadas – Ferramentas e Técnica:

  • Sistema de gerenciamento das informações: tratam-se de sistemas que permitem que o gerente de projeto possa coletar, armazenar e distribuir informações para as partes interessadas, além de permitir consolidar informações sobre os custos do projeto, utilização de recursos humanos e outros tipos de relatórios. Estes sistemas podem ser ou não digitais, porém na maioria das vezes são digitais e bem conhecidos no meio de projetos, dentre eles estão o Microsoft Project, Primavera e o Openproject. Estes sistemas podem ser utilizados para a disseminação de informação e controle de frequência de envio destas informações.
  • Opinião especializada: trata-se da utilização de conhecimentos de profissionais, grupos e organizações que possuem alta capacitação, conhecimentos, experiência ou treinamentos na área em questão. Um gerente de projetos com experiência pode ser considerado como uma opinião especializada. Estes profissionais podem auxiliar na identificação das partes interessadas, bem como no entendimento sobre a assimilação das informações pelas partes interessadas.
  • Reuniões: as reuniões podem ser utilizadas para entender o nível de engajamento das partes interessadas, bem como para rever estratégias. Estas reuniões, normalmente, podem utilizar as opiniões especializadas.

Considerações finais:

Assim, caros leitores, encerra-se esta postagem, cujo objetivo foi apresentar as ferramentas e técnicas do processo.

O processo controlar o engajamento das partes interessadas é importante para o sucesso do projeto, pois sem o envolvimento dos interessados, o projeto não consegue caminhar adequadamente.

Referência bibliográfica:

Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK) – 5ª Edição – Project Management Institute, Inc.

Sobre o autor

Daniel Teran Duarte

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração. Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, com destaque para as seguintes: Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, sendo estas: PMP – Project Management Professional; PRINCE2® Practitioner; PSM I – Professional Scrum Master I; HCMP® 3G Expert Professional; MCP - Microsoft Project 2013; ITIL V3 Expert; ISO 20.000 Consultant Manager; HDI SCM - Support Center Manager; Cobit; ISO 9001:2015 Auditor Líder; ISO 22301:2012 Auditor Líder.

Para conhecer mais sobre Daniel Teran Duarte, visite o perfil no Linkedin ou encaminhe um e-mail.

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2018/05/14/controlar-o-engajamento-das-partes-interessadas-p2/

Deixe uma resposta