Imprimir Post

Propósito do projeto, o que é isto? – HCMBOK®

Resumo:

Apresentar o leitor a importância do propósito do projeto, segundo o HCMBOK®

Palavras-chaves:

Propósito, Identidade, Gerenciamento, Projeto, HCMBOK.

Texto:

Caros leitores,

Não raramente se encontro projetos que tem escopo bem definido, porém que parecem não ser entendido pelas partes interessadas. Por qual motivo isto ocorre? O que é propósito do projeto? Para que isto serve?

Propósito do projeto:

Imagine, caro leitor, que sua empresa decidiu terceirizar uma determinada área, visando a redução de custos. Até aí normal, atualmente diversas empresas terceirizam atividades com empresas mais especializadas. O que temos neste caso? temos o objetivo ou o propósito do projeto?

Veja, considerando o cenário apresentado, terceirizar as atividades é maneira como o projeto irá alcançar a redução de custos. Neste caso, o objetivo é, de fato, a redução de custos, a ação de terceirizar as atividades é o meio como está redução será alcançada.

Imagine que você é um profissional da área terceirizada. Um dia alguém te chama e avisa que a área será terceirizada e que você receberá uma proposta. Meio frio?! Se fosse só frio, estaria bom. Sempre que se fala de pessoas há uma série de considerações que devem ser feitas. Os efeitos nos objetivos das pessoas, as frustrações, ansiedades e outros. Neste caso, é necessário cria um propósito, ou seja, despertar nas pessoas a vontade de que estas queiram fazer o projeto acontecer.

Identificar as partes interessadas - Relembre

Reveja a situação da seguinte maneira. Você é informado que a organização passará por uma restruturação. Suas atividades serão passadas a uma empresa especializada no assunto. Esta empresa deseja lhe contratar e, caso aceite, você terá maiores condições de crescimento profissional, maior contato com profissionais de sua área, além de ainda continuar em contato com seu atual grupo de trabalho. Lhe é explicado que sem tal transição, a empresa terá de cortar uma série de funcionários e que, em algum momento, enfrentará outras dificuldades.

Isto é criar o propósito do projeto, ou seja, está sendo realizada a apresentação do cenário completo, para que os envolvidos se sintam em consonância com o projeto. Este tipo de abordagem reduz as resistências dos envolvidos, elimina especulações internas, bem como tem caráter mais ético.

Considerações finais:

Assim, caros leitores, encerra-se a postagem sobre a relevância de se criar um propósito do projeto. Tal ação é fundamental, pois o que se vê atualmente, é uma grande quantidade de projetos em que as pessoas não sabem a razão do projeto, ou seja, seu propósito.

Quanto mais claro for o propósito do projeto, menor será a resistência e maior será o engajamento das partes interessadas.

Referência bibliográfica:

HCMBOK: o fator humano na liderança de projetos – Vicente Gonçalves; Carla Campos – 3ª edição – Rio de Janeiro – Brasport, 2016.

Sobre o autor

Daniel Teran Duarte

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração. Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, com destaque para as seguintes: Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, sendo estas: PMP – Project Management Professional; PRINCE2® Practitioner; PSM I – Professional Scrum Master I; HCMP® 3G Expert Professional; MCP - Microsoft Project 2013; ITIL V3 Expert; ISO 20.000 Consultant Manager; HDI SCM - Support Center Manager; Cobit; ISO 9001:2015 Auditor Líder; ISO 22301:2012 Auditor Líder.

Para conhecer mais sobre Daniel Teran Duarte, visite o perfil no Linkedin ou encaminhe um e-mail.

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2018/09/10/proposito-do-projeto-hcmbok/

Deixe uma resposta