Imprimir Post

BIA, o que é isto? – ITIL® – Economia de Serviços

Resumo:

Apresentar ao leitor o que é e qual o benefício de utilizar o BIABusiness Impact Analysis, segundo a ITIL®

Palavras-chaves:

BIA, Business, Impact, Analysis, ITIL, ITSM.

Texto:

Caros leitores,

Para aqueles que estão envolvidos no dia-a-dia da gestão de serviços de TI, o temos BIA, deve ser até familiar. Para uma grande maioria, BIA é uma sigla desconhecida, assim como os benefícios que este método pode proporcionar.

O que é BIA?

BIA é o acrônimo de Business Impact Analysis, em português Análise de Impacto ao Negócio. Esta metodologia tem o objetivo de entender avaliar o valor relativo dos serviços e é uma ferramenta da gestão de serviços de TI. Diferente do ROI que tenta entender o valor que o serviço irá gerar, o BIA busca entender o que aconteceria se o serviço não estivesse disponível em diferentes momentos.

ROI

A ideia, no geral, é entender a criticidade dos serviços ofertados pela TI para área de negócio, considerando se este serviço pode ser mais, ou menos, crítico em determinados momentos do tempo.

Esta abordagem permite aos prestadores de serviços de TI, internos ou externos, uma série de benefícios, dentre eles:

  • Ajuda a identificar riscos e priorizar medidas preventivas;
  • Auxilia na tomada de decisões sobre como priorizar incidentes;
  • Priorização de projetos com base no que impactará o negócio de forma mais positiva;
  • Melhor do desempenho operacional concentrando recursos e capacidades onde eles terão o efeito mais positivo;
  • Melhora do entendimento da TI sobre o negócio;
  • Fundamental para o processo de gerenciamento de continuidade dos serviços de TI.

O mais importante é que o BIA permite que a empresa decida sobre as prioridades de TI, de maneira significativa. Tal situação se dá comparando o investimento no serviço com o custo de não tê-lo, ou ter parcialmente.

Considerações finais:

Na opinião do autor, este método é pouco utilizado pelos profissionais de gestão de serviços de TI. Tal situação se dá, normalmente, pela baixa maturidade das empresas na parte da gestão de fato. A maioria das empresas querem soluções rápidas para seus problemas, mas não analisar devidamente o problema pode levar à solução do “sintoma”, e não do problema em si.

Nas próximas postagem sobre o tema, o autor apresentará, resumidamente, como executar o BIA.

Referência Bibliográfica:

ITIL Service Strategy – Printed in the United Kingdom for The Stationery Office – ISBN 9780113313044.

Sobre o autor

Daniel Teran Duarte

Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração. Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, com destaque para as seguintes: Formado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em Administração de empresas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, e em Consultoria empresarial pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Em seus conhecimentos complementares existem diversas certificações, sendo estas: PMP – Project Management Professional; PRINCE2® Practitioner; PSM I – Professional Scrum Master I; DEVOPS Master; HCMP® 3G Expert Professional; MCP - Microsoft Project 2013; ITIL V3 Expert; ISO 20.000 Consultant Manager; HDI SCM - Support Center Manager; Cobit; ISO 9001:2015 Auditor Líder; ISO 22301:2012 Auditor Líder.

Para conhecer mais sobre Daniel Teran Duarte, visite o perfil no Linkedin ou encaminhe um e-mail.

Link permanente para este artigo: http://linksinergia.com.br/2018/09/24/bia-o-que-e-isto-itil/